Leitores de RSS e a miscelânea do saber

13Mar11

O desenvolvimento da Internet nos últimos tempos permitiu uma facilidade muito grande na difusão de informações. A todo momento somos bombardeados por um número infinito de conteúdos de todos os cantos do mundo. É uma grande miscelânea de um pouco de tudo que nos chama a aprende-la toda e, mais que isso, produzir material para que ela aumente ainda mais. Claro que cada um dá mais ou menos preferência a certos temas, escolhendo, ainda, as fontes de maior confiabilidade e relevância. Mas é sempre difícil, porque as mensagens vêm de todos os lados e, às vezes, até contraditórias.

Para facilitar a vida dos internautas surgiram as ferramentas de Feed RSS, que permitem a visualização dos conteúdos e endereços escolhidos em uma única interface. São diversas as opções, algumas online, outras em forma de programas instalados em seu computador. Em comum, sempre telas sempre muito limpas para privilegiar o conteúdo que exibirão. As mais comuns são o Google Reader e o Feed Reader. O primeiro é uma ferramenta para quem possui uma conta no Google e funciona em uma sessão dentro do próprio site. O segundo exige ser instalado em sua máquina e opera independente de browsers. Entretanto, o Feed Reader não possui versão para Mac, o que me fez buscar outras opções de aplicativos leitores de RSS.

Em visita à App Store me deparei com o NetNewsWire Lite, aplicativo gratuito que possuía o maior número de downloads. O programa não é pesado e é bem simples de operar. A tela é dividida em três colunas, a da esquerda com uma lista dos endereços assinados, a do meio apresentando as manchetes mais recentes dos conteúdos e a da direita, maior de todas, exibe o conteúdo, selecionado, integralmente. O aplicativo exibe alertas de atualizações e conteúdos não lidos, não sendo necessário atualiza-lo sempre. Mesmo que a princípio positiva, essa função pode tornar-se um tormento na medida que novas informações aparecem muito mais rápido e numerosas do que consegui-mos consumi-las e ainda seremos constantemente relembrados desse fato por apitos constantes do programa. Isso gera uma sensação de incapacidade e limitação advindas da nossa grande vontade de contrariar a máxima socrática do “Só sei que nada sei”. O NetNewsWire já vêm com uma série de endereços previamente assinados, mas que podem ser facilmente apagados. Sua limitação principal é a incapacidade de mobilidade, já que só pode ser acessado de onde está instalado.

NetNewsWire Lite

Nesse sentido, o Google Reader é mais interessante, porque deixa a sua lista de feeds disponível de qualquer computador com acesso a Internet, basta estar conectado à sua conta. A ferramenta possui a mesma dinâmica da outra: uma coluna com os links assinados e outra que os exibe integralmente. Ela, entretanto, traz outras funcionalidades, como deixar notas nos feeds, como compartilhar conteúdos e sua lista de feeds com outras pessoas, e como ter acesso às delas, e recomendações de endereços a partir dos conteúdos que você acessa. O Google Reader, porém, não alerta para atualizações. É necessário visitar a página para descobrir se há novidades.

Interface do Google Reader

Em busca de uma solução que minimizasse as limitações de cada uma dessas ferramentas, encontrei o Gruml, aplicativo gratuito para Mac que permite uma sincronia completa com o Google Reader, com acesso a todas as suas funções mais os alertas na área de trabalho para novos conteúdos, com a vantagem de aparecer uma pequena tela com o título do conteúdo e um pequeno lide. Outra vantagem do programa é permitir a visualização offline dos conteúdos já lidos e a presença de uma espécie de navegador com abas dentro dele, permitindo abrir mais de um feed ao mesmo tempo.

Interface do Gruml

Das ferramentas que analisei, o pacote Google Reader + Gruml me pareceu o mais ideal, por aliar mobilidade e funcionalidade. Entretanto, eu ainda me desespero com o número de conteúdos que não consigo consumir e acabo preferindo eu mesmo entrar em cada endereço e descobrir o conteúdo que eu queira ler. Gosto da ilusão de achar que sei alguma coisa.

Anúncios


2 Responses to “Leitores de RSS e a miscelânea do saber”

  1. 1 Daniela

    oi, João,

    Impecável seu post. Você foi além do que solicitado pelo exercício, trouxe elementos novos e ainda escreveu um texto bem humorado.
    P A R A B É N S !


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: